sexta-feira, março 06, 2009

Álbum novo, está quase quase



Os meus meninos Rammstein estão prestes a começar a mistura do novo álbum, que já está gravado, pelo que no verão, já teremos notícias concretas dos rapazes, quer a nível de material novo, quer a nível de digressão.
Deixo-vos um vídeo que me admira ainda não ter aparecido aqui. A letra é deliciosamente maléfica, inspirada no canibal de Rothenburgo.
Recordo que esta alminha pôs um anúncio na Internet à procura de uma pessoa que se deixasse comer de faca e garfo (não o outro tipo de comer...). Alguém se ofereceu, amputaram o pingalim à vítima, cozinharam-no e comeram-no ambos. A vítima acabou por ser morta e comida parcialmente pelo Sr. Meiwes.

A tradução da primeira parte da canção é:

Hoje vou-me encontrar com um homem
Que me quer comer com gosto
Partes moles e duras
Fazem parte do menu
Porque és aquilo que comes
E vocês sabem
O que é
É o meu pingalim
;)

9 comentários:

Hannah disse...

Lembro-me de estar a "analisar" esta notícia quando morava lá pelas terras alemãs. Macabro, no mínimo...

Sandrine disse...

É sempre assim... há sempre alguém que fica com mais fome do que o outro... neste caso essa fominha extra foi tramada :S

Precious disse...

Hannah, é uma daquelas histórias que não lembra ao careca. O que me choca mais nem é o maluquinho querer comer alguém, mas alguém ter a pancada de querer ser comido.

Sandrine, acho que estava combinado que o comido ia ser morto, não foi uma questão do Sr. Meiwes só ter combinado comer aquela parte específica. É um caso de dois malucos estarem bem um para o outro.
Não se juntou a fome à vontade de comer, mas à vontade de ser comido ;)

Gi disse...

Muuuuuuuuuito interessante; espero que agora não haja uma coatrefada de fãs a quererem fazer o mesmo que os outros 2.

Precious disse...

Esse "muito interessante" pareceu-me um bocado irónico, Gi.
Esta fã não se deixa comer, fica aqui a garantia.

Noiva Judia disse...

Nada como o canibalismo para abrir o apetite.

Precious disse...

Eu diria antes, não há nada como Rammstein para abrir o apetite, não há nada como canibalismo para despertou o interesse.
Mas deixo a adaptação da premissa ao gosto de cada um.

Júlio disse...

E eu que já sabia algo disto... desconhecia o pormenor de terem cozinhado o 'teil' do gajo, e que se poderia traduzir 'teil' dessa forma.
Venha o novo :)
**

Precious disse...

Estamos sempre a aprender, Júlio.
Teil em calão é coiso, na linguagem corrente, é peça ou parte.