segunda-feira, abril 27, 2009

E este é o Bairro Pequeno



Esta é uma zona mais calminha da cidade, com poucos turistas e em zonas bem delimitadas.
Tem ligação à ilha de Kampa, que tem um parquezinho para dar uns passeios e apanhar ar fresco. Aqui perto, fica o muro do John Lennon que merecerá post à parte.
E tem este canalzinho com ar simpático, onde quase se podia ser degolado sem testemunhas. Olhem que numa cidade invadida por turistas como esta é difícil…



Aqui deste lado do rio, fica o museu de arte moderna, que a escriba não visitou por ser uma mulher cujo coração pende para a arte antiga, sobretudo, quando tem virgens esguichadoras e santos sangrentamente martirizados.
Podem reconhecer esta peça da minha foto do MSN, onde apareço a empurrar-lhe o rabo para ele andar mais depressa. Este é o pormenor da cara do baby, que não é assim tão interessante. Mas é assim a arte moderna.



Aqui também se encontra a igreja que tem a imagem do Menino Jesus de Praga.
A referida igreja tem um museu que exibe todas as roupinhas do imagem. Cheguei à conclusão que o Baby Jesus tem mais roupa do que eu.
Veriam aqui a imagem propriamente dita, mas apesar de não ser fã do Baby Jesus (prefiro o JC já adulto), tremi a foto, por isso, não pode ser.


10 comentários:

Thunderlady disse...

Pela imagem o Jack the ripper iria dar-se bem por aí, não?

Arte moderna também não me fascina muitomenos com caras dessas, "korrere"!!

Quem disse que o JC veio de famílias humildes? Mais roupagem que tu? Quem diria, ein?? Aposto que toda ricamente ornamentada... :)

Precious disse...

Sim, o Jack estaria aqui nas sete quintas dele.
O JC supostamente é filho do carpinteiro, se não biológico, pelo menos afectivo. E a roupita que mais me apelou foi precisamente um fatinho de arminho, coisa barata, como sabemos.

Noiva Judia disse...

Lá está você a maledizer a arte moderna. Mas esquece-se que é com a arte moderna que pode fazer figuras tristes como andar a empurrar o derriére alheio para o boneco andar mais depressa! Veja lá se faz figuras dessas na arte antiga, é o faz!
O Baby Jesus tem muita roupinha? Ninguém diria, sempre com aqueles cueiros rotos e a precisar do bafo da vaca e do burro para se aquecer... se calhar foi roubá-las ao Manekken Pis, não?

Precious disse...

Faço também com a arte antiga, se me deixarem, Noiva ;)
Pois, esta representação do Baby Jesus é um bocado posh, pois sabemos que o original nem aquecimento central tinha...

Júlio disse...

Essa 'peça'...
:D

Precious disse...

Peça, Júlio, hesito em chamar-lhe obra de arte ;)

Gi disse...

A primeira foto faz tanto lembrar a minha querida alemanha (suspiro).
Eu gosto de arte moderna e de arte antiga; tanto numa como noutra há belos espécimens.

Precious disse...

É perto. E outro post hei-de fazer de uma pequena cidade checa que lembra a minha também querida Alemanha.

Hannah disse...

Aquele baby fez-me lembrar os Miminka Babies que enchiam a torre de televisão da cidade. Ainda lá estão?

Precious disse...

A única torre da televisão onde estive foi em Berlim. Não há bebés a reportar nessa localização :)