terça-feira, abril 14, 2009

Praga na literatura



“Anton gostava de Praga, e não entendia como era possível alguém não gostar. Há cidades que, desde o primeiro momento, provocam perplexidade, pressionam-nos; há outras que sabem encantar-nos suavemente, sem darmos por isso. Lamentavelmente, Moscovo não pertence nem ao primeiro, nem ao segundo grupo. Praga é uma fada, velha e sábia, que saberia parecer jovem se necessário, e mantém uma beleza que não depende da idade.

Pensando bem, Praga deveria tornar-se um lar das Trevas. Cidade sobrecarregada de construções góticas, cheia de colunas erguidas em memória das vítimas da peste, cidade-gueto na Segunda Guerra Mundial, um dos pontos de oposição aos superestados durante a Guerra Fria…”

in “Os Guardiães do Dia” de Serguei Lukiánenko


Sr. Lukiánenko, tem toda a razão no que toca a Praga, mas não seja mauzinho quanto a Moscovo, que esta escriba tenciona visitar num futuro não muito distante.

10 comentários:

Noiva Judia disse...

Concordo no que toca a Praga e espero também poder dar o meu bitaite pessoal sobre Moscovo.

Precious disse...

Que curiosa opinião tem o Sr. Lukiánenko, Noiva. É que toda a gente que conheço e esteve na Rússia veio de lá maravilhada. Mais com S. Petersburgo é certo, mas Moscovo também é referido positivamente.
Talvez santos da casa não façam milagres.

Gi disse...

Não conheço Praga, mas tenho muita vontade de conhecer.

Olha lá está mesmo assim no livro: ... "sem dar-nos por isso", ou é sem darmos por isso?

Precious disse...

Acho que deves ir, Gi.
Não deve estar assim no livro, já corrigi o erro.

Thunderlady disse...

só por tua causa já fiquei cheia de ovntade de lá ir!

:)

Eu que só tinha um destino de sonho agora tenho dois :)

Precious disse...

Acho que deves ir, Thunderlady. Tem a vantagem de não ser muito caro ainda e de ter voo directo.
Qual é o teu outro destino de sonho?

Eumesma disse...

Não dá para fazer comparações porque acho que só o podemos fazer depois de termos a oportunidade de as termos visitado ás 2...
Praga, amei, mas Moscovo e em especial S. Petesburgo não lhe devem ficar mto atrás...

Portanto concordo contigo e discordo do senhor acima citado.
:-)

Precious disse...

Vou ficar muito aborrecida, Eumesma, se o homem tem razão. É que a Rússia é o meu destino de sonho e partirei para lá com as expectativas elevadíssimas. Se a coisa se frustra, vai ser mesmo uma grande desilusão.

Elsa disse...

Conta-me tudo sobre a Russia qd lá fores!
Tb gostava de lá ir...

Precious disse...

Acho que terão dificuldades em impedir-me de falar da Rússia. É um feeling que cá tenho...