sexta-feira, setembro 18, 2009

Carthago delenda est



Ora, o que há a dizer sobre Cartago, local arqueológico mais famoso da Tunísia?
Uma potência do Mediterrâneo, fundada por Fenícios e envolvida nas Guerras Púnicas com os Romanos ainda antes do nascimento do nosso amigo JC.
No decurso das guerras, Catão, o Velho, disse inúmeras vezes no senado Romano a expressão que dá título ao post, Cartago deve ser destruída.


E Cartago foi mesmo destruída pelos Romanos no fim da terceira guerra púnica.
Mas veio a ser reconstruída inúmeras vezes, pelo que o local tem seis camadas de vestígios arqueológicos. A primeira foto é um mosaico romano.
Esta segunda julgo que mostra ruínas bizantinas, uma das potências que outrora ocuparam também o local.



Nos tempos Romanos, Cartago tornou-se o local mais in para os ricos dos ricos.
E ainda hoje é assim, é um bairro nos arredores de Túnis onde moram os famosos, os ricos e o presidente Ben Ali, cujo recinto do palácio presidencial aqui vêem.


Cartago é património mundial, assim declarado pela Unesco em 1979.
Parte do complexo são as espantosas termas de Antonino, que mostravam não só o grau de sofisticação dos antigos Romanos (umas termas de meter inveja a qualquer spa moderno), como o seu bom gosto na localização dos seus empreendimentos. Esta é a parte mais impressionante do complexo, do qual vimos uma pequena parte e num passo relativamente acelerado.
A paisagem aqui é divina.



Ruínas que se prezem têm calhaus em bardana. E Cartago tem mesmo muito calhau interessante para ver.
A visita recomenda-se vivamente, mas feita em moldes diferentes. Vão sozinhos, para poder explorar todos os calhaus com a atenção que eles merecem.

4 comentários:

Gi disse...

Agora ao ler sobre Cartago, sempre me fez confusão porque é que se chama aos naturais de Cartago Cartagineses.
Principalmente depois de passar a saber da existência de Cartagena.

Precious disse...

Acho que Cartago veio primeiro, logo tem direito de opção ;)
Não sei se Cartagen não será uma palavra derivada aqui desta cidade.

Noiva Judia disse...

Eu sou da opinião que deviam reabilitar as termas. Eu comprava logo meia dúzia de vouchers para uns tratamentos no spa ;)

Precious disse...

Não sei se mesmo restauradas as termas, ficaria à altura daquilo que esperamos hoje. Só me oponho à restauração por causa disso ;)
Mas a vista seria imbatível, isso temos de admitir.