quinta-feira, março 25, 2010

O criminoso volta sempre ao local do crime



Que é como quem diz ao restaurante russo, a Tapadinha.
Em semana relativamente morta em termos cinematográficos, a escriba foi afogar as mágoas em vodka da terra de onde a mesma é originária e comeu lombo de porco panado com nozes. Uma delícia que, agora, já faz parte da ementa habitual.




A comadre Noiva Judia optou por um prato da ementa rotativa, frango recheado com cogumelos e nozes. Ouvi dizer que também estava uma delícia.
Não mostro entradas e sobremesas por serem as mesmas de sempre. Escapou-me a bebida, que era novidade, mas fica para uma próxima ocasião.

4 comentários:

Noiva Judia disse...

Uma "piquena" correcção, comadre: o meu franguito era rechado com castanhas. O molho é que levava nozes.

A bebida, se não me engano, era um Strawberry Tapadinha Vodkarita, ou seja, uma margarita de morango à moda da "dom".

Precious disse...

Hum, e não levava cogumelos? É o problema da sala da Tapadinha estar sempre tão escura.

A bebida era essa, sim. O nome vodkarita é que é um contra-senso, porque vodka já quer dizer águazinha. Vodkarita, aguazinhazinha.

Elsa disse...

Gosto imenso deste rest! Boa escolha!

Precious disse...

Ainda só conheci uma pessoa que não achou grande piada, toda a gente gosta. Cá fica mais uma confirmação.