quinta-feira, novembro 11, 2010

No cinema - Ondine



É contado em tom de conto de fadas. É um belo conto de fadas, não importa a intromissão da realidade mais para o fim.
O melhor do filme? Muito provavelmente, a Annie, a filha com insuficiência renal de Syracuse, personagem do Colin Farrell. Está provado que o rapaz escolhe bons filmes.
Recomenda-se aos amantes de contos de fadas, Selkies e bons filmes das ilhas Britânicas.

4 comentários:

Gi disse...

Já saiu em DVD?
Cada vez gosto menos de ir ao cinema.
Adoro contos de fadas, eu!

Precious disse...

Gi, sempre que aqui aparece um filme nesta rubrica, foi visto no cinema. Este ainda demorará uns mesitos a sair em DVD.
E tecnicamente é um conto de Selkies, e não bem de fadas. Mas o princípio é o mesmo.

Paula disse...

..o rapaz escolhe bons filmes e ainda por cima é jeitoso..;)

Precious disse...

Admitimos que sim, é jeitoso. Mas o que importa mesmo é o bom gosto para filmes. E ser bad boy, o que lhe dá um brílho especial aos olhos das meninas ;)