quarta-feira, janeiro 28, 2009

Se até um Nobel da Literatura o diz…



O meu nome é Cão é o título do capítulo (nota da escriba)
"Sabeis muito bem que todos esses imãs, hodjas, hadjis e outros mercadores da pregação não morrem de amores por nós, os cães. Na minha opinião, isso remonta ao episódio do nosso Profeta que, para não acordar um gato que dormia em cima da sua veste, a cortou pela fralda. Ao recordarem a sua delicadeza para com os gatos, e não para connosco, os cães, querem fazer-nos querer da sua hostilidade para a raça canina. Tudo isso por causa do ódio secular que nos antagoniza com essas criaturas que, aliás, são de uma ingratidão conhecida até pelo mais imbecil dos indivíduos."

in “O Meu Nome é Vermelho” de Orhan Pamuk


Conforme prometido, cá está a última provocação felina, de outro dos meus autores preferidos, o escritor turco que ganhou o Nobel da Literatura em 2007.
Lembrem-se antes de me mandarem as bombas, que é o Sr. Pamuk que fala em imbecis e não eu ;)
O felino da foto foi imortalizado no Estádio Olímpico, enquanto tratava da sua higiene. Não, não está enjaulado.

Seguem-se outras citações do mesmo livro, desta feita, menos provocatórias.

8 comentários:

Gi disse...

Comento, não comentando. ;I

Precious disse...

Conta como comentário à mesma, Gi ;)

Noiva Judia disse...

Hehe, subscrevo o comentário do Sr. Pamuk...

Precious disse...

A bem dizer, pessoas que ganharam o prémio Nobel sabem o que dizem, Noiva ;)

Sandrine disse...

Eu sabia que, mesmo sem ter lido nada do senhor até à data, que ele tinha qualquer coisa que me obrigava a gostar dele. Afinal esta citação veio trazer luz a esta minha inclinação!!! :P

Precious disse...

O senhor não é só sensato no que toca aos gatos, escreve mesmo bem. E posso emprestar alguns livros, Sandrine, visto que tenho a maioria dos que publicou cá em Portugal.

Sandrine disse...

Epá isso era mesmo bom!!! :)
Aceito o empréstimo!!! Juro ter extra-extra cuidado!!! :D Obrigada

Precious disse...

Tenho vários, qual queres: A Vida Nova, A Cidadela Branca, O Meu Nome é Vermelho, Neve.