sexta-feira, março 13, 2009

Правда!



1- Um vizinho já me viu nas escadas no meu prédio, à noite, de pijama e com uma frigideira na mão – Verdadeira

Aqui não vos enganei. A frigideira não era para auto-defesa, mas para deitar no lixo quando fui buscar uma revista à caixa do correio. A curiosidade é uma treta, é o que é.


2- Pelo-me por couves de Bruxelas – Verdadeira

Aqui, pelo contrário, muitos caíram. Adoro mesmo couves de Bruxelas, cravo-as dos pratos dos amigos, por isso, tenho muitas testemunhas desta minha preferência.


3- Já beijei uma mulher na boca – Verdadeira

Outra onde se fartaram de cair. A bem da minha reputação, devo dizer que foi um desafio e não envolveu língua ;)


4- Já fiz festinhas a um rinoceronte - Verdadeira

E o gajo não estava a dormir. O rinoceronte do zoo de Lisboa deve ser um animal carente porque se encosta ao muro para lhe coçarem as pulgas.
Não aconselho a experimentarem agora, não vá ser um rinoceronte diferente ou estar com uma disposição pior. Deixo uma foto de outros incautos a fazer festas ao bicho.


5- Colecciono brinquedos sexuais - Falsa


Sou um bicho coleccionador, mas vivo ainda com os meus pais e essa colecção, além de me poder sair cara, podia ser embaraçosa.


6- Tenho um medo irracional de abelhas - Falsa

Sou alérgica a picadas de insectos, mas nunca me verão histérica na presença de qualquer insecto. Ensurdecê-los, gritando com eles, e fugir, dando as asinhas, não os faz ir embora.


7- Já tive um romance com alguém que conheci na Net – Verdadeira

Antes da era dos blogues, foi a era dos chats, há uns anos largos atrás. Conheci alguém e tive um relacionamento com ele. Não foi uma boa experiência, motivo pelo qual muita gente nem ouviu falar nele.


8- Já aprendi esperanto – Verdadeira


Já sabem que sou poliglota, por isso, esta não era difícil. Esperanto é uma língua inventada para que nenhuma nação dominasse as outras por via da língua. E eu aprendi-a quando era adolescente. Agora, só sei dizer Saluton (olá) e Mi neniam krokodilas (eu nunca crocodilo = falo uma língua que não o esperanto).


9- Tendo a exaltar-me e, para vergonha minha, chego a bater nas pessoas – Falsa


Tenho o pavio curto, barafusto, digo asneiras e esbracejo, mas é só garganta. Não ando para aí a bater em ninguém, mas há sempre uma primeira vez… Por isso, cuidado comigo ;)

14 comentários:

Sandrine disse...

Consegui acertar numa :S

Ok... sinto-me mal agora!!!!

E só como uma pequena nota: Bracejar, gritar, desatar a correr e histerismo puro são formas comprovadas de conseguir que os bichos voadores voem para outras paragens! Senão porque outro motivo qualquer haveria eu de fazer isso tudo??? :D

Precious disse...

Não me conheces, Sandrine, essa é que é essa.

A tua técnica para os insectos só os vai irritar e fazer atacarem-te, mulher. Isso só se pode fazer a animais que não tenham armas para nos magoar, tipo as moscas. Faz isso a uma vespa e ela faz-te a folha (eu limitei-me a tentar afastar-me sem ondas e levei 3 ferradelas).

Gi disse...

Acertei em duas. Não há condições. ;)

Precious disse...

Mesmo assim, foi um bom resultado, considerando que ninguém acertou nas três.

Júlio disse...

Fraquinho o meu conhecimento acerca de ti... :/
LOL

Thunderlady disse...

Olha, acertei duas!

:)

Lisboeta disse...

só uma acertei uma. paciência!

Precious disse...

Bem, não estou a planear emigrar, e mesmo que o faço, o blog continuará aqui e ajuda sempre a conhecerem-me melhor :)

Hannah disse...

Acho que acertei em duas, nada mau, hem? :)

Precious disse...

Não foi nada mau, Hannah :)

Noiva Judia disse...

Vá lá, acho que acertei em duas, não foi mau.

Precious disse...

Olha que houve muita gente que me conhece e mesmo assim só acertou em uma...

Eumesma disse...

Surpreendeste-me , essa é que é essa! (e não, não necessariamente pela negativa ;-).

Mas foi bom conhecer-te melhor.

:-)

Precious disse...

Não necessariamente, mas possivelmente?
Foi o rinoceronte, não foi? ;)