quarta-feira, abril 08, 2009

Após a morte, recompensa, castigo ou nada?



“- A minha morte está próxima, Zaki. Consigo cheirá-la.
O mais estranho é que, na verdade, aquele amigo morreu alguns dias depois, mesmo sem estar doente. Este incidente faz com que se questione (sempre que está deprimido ou triste): terá a morte um cheiro especial que a pessoa pressente no final da vida, tomando consciência do fim próximo? E como será o fim? Assemelhar-se-á a morte a um longo sono do qual nunca acordamos? Ou dar-se-á uma ressurreição, uma recompensa e um castigo, como a religião crê? Irá Deus torturá-lo após a sua morte?”

in “Os Pequenos Mundos do Edifício Yacoubian” de Alaa El Aswany


A explicação dada por a maioria das religiões é que se nos portamos bem, após a morte, seremos recompensados, se nos portamos mal, castigados. Será verdade?

A verdade é que a versão que mais me convém seria: após a morte não há nada, descansa-se apenas e não há preocupações, nem sentimentos, nem nada que o nosso corpinho nos obriga a carregar para toda a parte.

Sim, que o céu parece-me um local aborrecido, só com nuvens e anjinhos e o inferno é capaz de ser um bocado quente demais e mal frequentado.

PS: Uma nota para o livro. Esta vossa escriba adora literatura árabe e adorou também este, apesar de ser um livro triste. Dá-nos um retrato do Egipto moderno, pela análise das peripécias dos habitantes do referido edifício Yacoubian, que é real e pode ser visto no Cairo.

6 comentários:

Noiva Judia disse...

Eu preferia ser recompesada, mesmo que não merecesse... E como recompensa, pedia aquilo que não me aconetece em vida: comer até fartar, sem nunca engordar, hehe! E que ninguém me chateie a mona, porque parece que a eternidade ainda dura um bocado!

Precious disse...

Se queres ser recompensada, Noiva, é começar a fazer por isso. Consta que o JC é um tipo compreensivo e não é muito exigente, desde que o pessoal se arrependa das malandrices que faz.

Hannah disse...

Sou bastante céptica nestas coisas. Mas sempre de mente aberta para novas "teorias!

Precious disse...

Hannah, estas teorias até são bastante antigas. Basicamente, o que há depois da morte, discutimos há uns anitos largos. Devo assumir que achas que não há nada?

Hannah disse...

Precisamente :)

Precious disse...

Estou contigo, Hannah. Se não é assim, devia ser.