segunda-feira, agosto 03, 2009

Comida não polaca que se come em Cracóvia



Não comemos só comida não polaca em Cracóvia, também estivemos no mexicano em Varsóvia, mas para não estragar o figurino, essas fotos foram censuradas.
Num restaurante húngaro chamado Balaton, experimentámos o prato nacional dessas paragens, o goulash.
Esta versão era mais guisado do que sopa, o que me leva a crer que será também algo adulterada para a versão verdadeira. Mas tendo em conta que estava muito bom e que prefiro guisado a sopa, compensou.




Tivemos uma estreia, cozinha ucraniana, que, não inesperadamente, é semelhante à russa.
Um restarante simpático num pátio interior de uma ruazinha de Cracóvia, com uma esplanada muito agradável.
Este foi o prato que a Noiva comeu, porco com maçã, acho eu.

Eu comi umas almondegas recheadas alongadas muito saborosas. Não me perguntem o recheio, já me esqueci.
Direi apenas que no leste, o pessoal adora carne picada.

Outra estreia.
Já este foi o prato mais apreciado da categoria estrangeira, Tanto que o comemos duas vezes no restaurante georgiano que o servia.
É uma tarte de queijo com frango. Até eu que sou uma moça de muito alimento, não consegui acabar o prato.
Alguém quer importar para os restaurantes nacionais? Tinham uma cliente garantida.


Por fim, num restaurante de especialidades austríacas, comi Schnitzel com batata assada em papelote. As batatas eram muito boas, o Schnitzel não era, de longe, o melhor que comi.
Fica a prova que só na Áustria fazem este prato de modo a ficar sequinho (e no Pano de Boca em Lisboa, que só ainda não apareceu aqui porque me esqueço sempre da máquina fotográfica quando lá vou).

4 comentários:

Noiva Judia disse...

Aquele goulash era divinal... Para mim é meia dose, para o almoço, ó faxavor! E uma fatia da empada georgiana para eu comer no intervalo das aulas do Francês, logo à noite.
Quanto ao ucraniano, a comida era boa e o empregado parecia saído do Guerra e Paz, hehe.
Isto só vem provar que nós somos umas moçoilas muito dadas à experimentação gastronómica e mai nada!

Precious disse...

Qualquer das papitas aqui demonstradas era boa (o Schnitzel pedia-se apenas que fosse mais sequinho).
O restaurante ucraniano era muito simpático a todos os níveis, não só a barbicha do empregado ;)
Viva a experimentação gastronómica!!!

Hannah disse...

À excepção do prato da segunda fotografia, que me pareceu um bocadinho esquisito, tinha tudo bom aspecto :)

Precious disse...

O segundo prato é uma bifana de porco com cubinhos de maçã por cima, um conceito que me parece agradável. A Noiva comeu e elogiou.